Livro Os Afogados E Os Sobreviventes – Os Delitos, Os Castigos, As Penas

você já leu o livro Os Afogados E Os Sobreviventes – Os Delitos, Os Castigos, As Penas

Primo Levi retoma sua reflexão sobre o campo de extermínio nazista 40 anos depois de ter escrito o primeiro livro sobre o Holocausto. O Holocausto, as deportações, os trens, as câmaras de gás e seis milhões de judeus realmente existiram.

Livro Os Afogados E Os Sobreviventes - Os Delitos, Os Castigos, As Penas
Livro Os Afogados E Os Sobreviventes – Os Delitos, Os Castigos, As Penas

Faz pouco mais de meio século. Não é possível que isso se repita, nem mesmo sob diferentes roupagens, interesses e alvos. Este é o ponto principal do que este livro tem a dizer. Os afogados e os sobreviventes traz a reflexão de Primo Levi sobre o dia a dia de Auschwitz, a disciplina cega dos SS, os milhões que tiveram seu futuro negado pelo simples fato de nasceram judeus.

O autor italiano revisita aqui sua primeira obra e, com maturidade crítica, busca respostas para perguntas que durante anos martelaram em entrevistas ou no senso comum: por que vocês não fugiram? Por que não se rebelaram? Um registro fundamental para que as novas gerações conheçam e entendam o que foi o holocausto, e com isso nunca permitirem que história se repita.

saiba mais sobre o autor Primo Levi

Primo Levi
(Turim, 31 de julho de 1919 — Turim, 11 de abril de 1987) foi um químico e escritor italiano. Escreveu memórias, contos, poemas, e novelas. É mais conhecido por seu trabalho sobre o Holocausto, em particular, por ter sido um prisioneiro em Auschwitz-Birkenau. Seu livro É isso um Homem? ou Se Isto É um Homem é considerado um dos mais importantes trabalhos memorialísticos do século XX.

Assim que voltou à Itália, Levi se tornou um químico industrial na fábrica SIVA. Ele começou a escrever sobre suas experiências no campo de concentração e sobre sua jornada de volta à pátria, que lhe renderam dois livros, hoje considerados clássicos: É isso um homem? (Se questo è un uomo) e A Trégua (La tregua). É isso um homem? foi rejeitado por Einaudi, a aclamada e comunista casa editorial de Turim. Uma pequena editora, De Silva, lançou o livro em novembro de 1947, numa edição de 2000 cópias. Apesar de uma crítica positiva escrita por Italo Calvino no jornal L’Unità, apenas 1500 cópias foram vendidas. Levi teve de esperar até 1958 para que Einaudi republicasse o livro, numa edição revisada e expandida.

A Trégua foi lançado em 1963, quase 16 anos depois de seu primeiro livro e no mesmo ano em que Levi ganhou o Premio Campiello. Comumente publicado junto com É isso um Homem?, A Trégua conta a sua longa jornada depois da libertação de Auschwitz. O livro alavancou a reputação de Levi. Ele passou a contribuir regularmente com artigos para o jornal La Stampa. Mas ele não queria ser reconhecido apenas como memorialista. Ele queria ser conhecido como escritor de ficção. Infelizmente, seu trabalho menos conhecido é justamente uma coleção de histórias de ficção científica de cunho extremamente pessimista, intitulada Vizio di Forma.

Ele também escreveu duas outras obras memorialísticas: Momentos de Reparação e O Sistema Periódico. Momentos de Reparação trata dos homens que ele observou durante a prisão no campo de concentração. O Sistema Periódico é uma coleção de pequenas histórias, a maioria episódios de sua vida mas também dois contos ficcionais que ele escreveu antes de ser enviado a Auschwitz, todos relacionados, de algum modo, aos elementos químicos. Na Real Academia de Londres, em 19 de outubro de 2006, O Sistema Periódico foi considerado o melhor livro de ciência jamais escrito.

Levi se aposentou de seu cargo como gerente na SIVA em 1977 e se dedicou a escrever em tempo integral. Dos livros produzidos durante este período, o mais importante é também o último, Os Afogados e os Sobreviventes (título da tradução portuguesa: Os Que Sucumbem e Os Que Se Salvam), uma análise do Holocausto na qual Levi explica que, apesar de não odiar os alemães, ele não os perdoou jamais. Seu conto mais famoso foi publicado na coletânea A Chave Estrela (1978).

PESO 0.20 Kg
EDITORA Paz E Terra
I.S.B.N. 9788577533466
ALTURA 21.00 cm
LARGURA 14.00 cm
PROFUNDIDADE 0.80 cm
NÚMERO DE PÁGINAS 168
IDIOMA Português
ACABAMENTO Brochura
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA Não recomendado para menores de 10 anos
TÍTULO ORIGINAL Os afogados e os sobreviventes: os delitos, os castigos, as penas
CÓD. BARRAS 9788577533466
NÚMERO DA EDIÇÃO 1
ANO DA EDIÇÃO 2016
AUTOR Levi, Primo

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *