Livro NUMERO ZERO – UMBERTO ECO leia ainda hoje

você já leu o livro NUMERO ZERO – UMBERTO ECO

Um grupo de redatores, reunido ao acaso, prepara um jornal. Não se trata de um jornal informativo; seu objetivo é chantagear, difamar, prestar serviços duvidosos a seu editor. Um redator paranoico, vagando por uma Milão alucinada (ou alucinado numa Milão normal), reconstitui cinquenta anos de história sobre um cenário diabólico.

Origem: NACIONALEditora: RECORDIdioma: 	PORTUGUÊSEdição: 	1Ano: 	2015Assunto: RomancesIdioma: PORTUGUÊS País de Produção: BrazilCódigo de Barras: 	9788501104670 ISBN: 	8501104671Encadernação: 	BROCHURAAltura: 21.00 cmLargura: 14.00 cmComprimento: 1.30 cm Peso: 0.24 kgComplemento: 	NENHUMNº de Páginas: 	208
Origem: NACIONALEditora: RECORDIdioma: PORTUGUÊSEdição: 1Ano: 2015Assunto: RomancesIdioma: PORTUGUÊS País de Produção: BrazilCódigo de Barras: 9788501104670 ISBN: 8501104671Encadernação: BROCHURAAltura: 21.00 cmLargura: 14.00 cmComprimento: 1.30 cm Peso: 0.24 kgComplemento: NENHUMNº de Páginas: 208

E, nas sombras, a Gladio, a loja maçônica P2, o assassinato do papa João Paulo I, o golpe de Estado de Junio Valerio Borghese, a CIA, os terroristas vermelhos manobrados pelos serviços secretos, vinte anos de atentados e cortinas de fumaça – um conjunto de fatos inexplicáveis que parecem inventados, até um documentário da BBC mostrar que são verídicos, ou que pelo menos estão sendo confessados por seus autores. Um perfeito manual do mau jornalismo que o leitor percorre sem saber se foi inventado ou simplesmente gravado ao vivo.

Uma história que se passa em 1992, na qual se prefiguram tantos mistérios e tantas loucuras dos vinte anos seguintes, enquanto os dois personagens acreditam que o pesadelo terminou. Uma aventura amarga e grotesca que se desenrola na Europa do fim da Segunda Guerra até os dias de hoje.

saiba mais sobre o autor

Gêneros romance, ensaios, semiótica, filosofia, crítica literária | Nascimento: 05/01/1932 – 19/02/2016 | Local: Itália – Piemonte – Alessandria

Nascido em 1932, Umberto Eco construiu sólida carreira como professor de semiótica na Universidade de Bolonha.

Ensaísta de renome mundial, dedicou-se a temas como estética, semiótica, filosofia da linguagem, teoria da literatura e da arte e sociologia da cultura. Autor de artigos de opinião nos jornais Espresso e La Repubblica, estreou como romancista com O Nome da Rosa, em 1980.

Depois do imenso sucesso colhido na Itália e em todo o mundo, escreveu O Pêndulo de Foucault (1988), A Ilha do Dia Anterior (1994) e Baudolino (2000).

Seus textos jornalísticos estão reunidos em Diário Mínimo (1963), O Segundo Diário Mínimo (1990) e A Coruja de Minerva (2000).

    • Origem:  NACIONAL
    • Editora: RECORD
    • Idioma:  PORTUGUÊS
    • Edição:  1
    • Ano:  2015
    • Assunto: Romances
    • Idioma: PORTUGUÊS
    • País de Produção: Brazil
    • Código de Barras:  9788501104670
    • ISBN:  8501104671
    • Encadernação:  BROCHURA
    • Altura: 21.00 cm
    • Largura: 14.00 cm
    • Comprimento: 1.30 cm
    • Peso: 0.24 kg
    • Complemento:  NENHUM
    • Nº de Páginas:  208

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *