Livro E Foi Assim… – leia ainda hoje

você já leu o livro E Foi Assim

O que fazer quando você é golpeado pela vida de forma muito cruel? De repente, a família dos sonhos se encontra em pedaços, e relacionamentos cada vez mais conturbados passam a compor a música do seu coração. E, quando menos se espera seus maus hábitos ? antes raros, usados para diversão ou para fuga ? tornam-se vícios arraigados.

Livro E Foi Assim... - leia ainda hoje
Livro E Foi Assim… – leia ainda hoje

Será que há alguma solução para recuperar alguém desacreditado da vida? Algo que não produza somente um efeito anestésico? Há alguma decisão a ser tomada para que, de fato, as marcas mais profundas e doloridas se transformem em música para os ouvidos, a ponto de uma pessoa passar a ser como um ?bom perfume? ? exalando paz, cura e fé para quem a seguir?

Nesse livro, a cantora e pastora Fernanda Brum expõe, sem rodeios, as próprias experiências de vida para que você saiba que a resposta para as perguntas acima é ?Sim?. Aceite o desafio! Abra seu coração e mergulhe nessa história? Você ficará surpreso com o que pode acontecer na vida de quem entrega o coração a Deus!

Saiba mais sobre Cantora Fernanda Brum

Dona de uma bela voz grave – timbre pouco explorado na música cristã brasileira -, Fernanda Brum se entrega a cada interpretação com liberdade. Exprimindo sentimentos e emoções e imprimindo personalidade. Ela deixa aflorar o que está em seu coração inspirada por experiências do dia-a-dia. Simples assim. Sem esforço algum, mas com muita autenticidade, a cantora tornou-se referencial.

Por isso, Fernanda é uma das mais queridas e populares do segmento, com milhões de CD/DVD (solo, em grupo e coletâneas) vendidos em 24 anos de ministério; Foi indicada ao Grammy Latino 2008 com o CD Cura-me e conquistou em 2015, como Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa, pelo CD Da Eternidade. Também ganhou o primeiro Troféu Promessas (2011), da Rede Globo, como Melhor Clipe com “Pavão Pavãozinho” e melhor cantora (2012 e 2013).

Fernanda Brum é embaixadora da MAIS, uma organização brasileira que trabalha no socorro de cristãos perseguidos ao redor do mundo. Principalmente no Oriente Médio, com o domínio do Estado Islâmico (ISIS) sobre diversas regiões cristãs no Iraque e Síria, milhões de cristãos têm perdido suas propriedades, cidadania, dignidade e até mesmo suas vidas, através de execuções cruéis e macabras, que muitas vezes têm sido divulgadas pela mídia. Atualmente, Fernanda está 100% empenhada na construção da CIDADE DE REFÚGIO, um projeto para acolhimento de refugiados cristãos que está sendo construído pela MAIS na região de Curitiba, PR.

Quando despontou na música gospel, nos anos 90, ainda adolescente, a carioca Fernanda Brum foi uma das grandes surpresas que ocorrem de tempos em tempos no mercado musical. A cantora consegue passear pela adoração (baladas), blues e pop, pop-rock sem decepcionar em nenhum momento. Rotulá-la desse ou daquele estilo seria apenas uma forma inadequada de descrever sua capacidade de expressão em qualquer linha melódica, o que lhe confere uma versatilidade incomum. Tanto que participou da FESTA NACIONAL DA MÚSICA EM 2010 sendo um dos grandes destaques.

Aos cinco anos de idade, Fernanda Brum já cantava. Aos 16 anos (1992) gravou com a cara e a coragem seu primeiro trabalho independente. E foi através dele que a cantora foi contratada pela MK e se tornou conhecida nacionalmente. Desde então, Fernanda Brum tem contribuído significativamente para a evolução da música gospel brasileira. Sempre em parceria com o seu marido e produtor musical, Emerson Pinheiro, desenvolve projetos cada vez mais ousados.

Não menos inventiva e polêmica, em 2008 a cantora lançou o CD Cura-me, o oitavo trabalho solo em português. Desta vez, Fernanda não só compôs letras, mas voltou a tocar violão e também desenhou melodias. O álbum fala sobre cura espiritual e traz uma faixa sobre aborto. Assim, buscando sempre surpreender Fernanda Brum se tornou uma das cantoras mais queridas, respeitadas e premiadas da música gospel. Tendo, inclusive, recebido Homenagem ao Artista do Programa Raul Gil, e participado pela primeira vez, em março de 2011, do Programa da Eliana (SBT), ficando em segundo lugar no IBOPE (primeiro no Rio de Janeiro). Fernanda também foi a primeira cantora gospel a participar do Domingão do Faustão (TV Globo), ao lado de Aline Barros.

O CD Glória chegou às lojas em 2010 e marcou o ministério de forma especial, celebrando o nascimento de Laura. Rendeu sucessos como “A Tua Glória Faz”, “Canta Minh’Alma” e “Pavão Pavãozinho”. O álbum deu origem ao projeto Glória In Rio, em CD e DVD – gravados ao vivo na Praça Tropicalismo no coração da comunidade de Vigário Geral (não pacificada), subúrbio do Rio de Janeiro. E foi um marco para a cidade e também para o segmento. Revolucionando na estética e na ousadia.

Em 2012 chega às lojas o 9º álbum totalmente inédito da cantora – (Glória In Rio e Feliz de Vez são regravações), Liberta-me, que conquistou Disco de Ouro em apenas um mês. E marca também a renovação de mais um contrato com a MK Music. Meses depois o álbum se transformou em DVD.   Gravado na maior casa de shows do Nordeste (Chevrollet Hall), com mais de 10 mil pessoas presentes, essa super produção MK Music marcou de forma especial os 20 anos de carreira de uma das cantoras gospel mais queridas e populares do Brasil.

Fernanda Brum é uma das artistas mais completas, inventivas e inquietas de sua geração. Além de intérprete, é compositora e participa de todo processo criativo de seus projetos, imprimindo identidade e propriedade. Usa (e muito bem) a arte em suas várias vertentes para o Reino. E, claro, que não foi diferente o álbum mais recentes: DA ETERNIDADE, que marca seu retorno à gravação ao vivo depois de 11 anos do lançamento de “Apenas um Toque” (2004), que foi determinante em sua carreira.

Como também não poderia ser diferente, seu marido e produtor musical Emerson Pinheiro assina DA ETERNIDADE. Afinal, são anos de caminhada em comum, experiências não apenas compartilhadas, mas (muitas delas) vividas ao mesmo tempo… Sem dúvidas, não há quem a melhor entenda. Cumplicidade. O resultado é um trabalho visceral, sincero, transpirando emoção.

DA ETERNIDADE foi captado totalmente ao vivo (instrumentos, voz e ministração) em duas noites (setembro/2014), no templo novo da Igreja Batista Central da Barra (RJ), onde Fernanda e Emerson são pastores auxiliares. “O fluir de Deus veio de forma natural… Não forçamos nada. Sabe aquele momento em que não precisamos bater na porta do céu que ela já está aberta? E foi assim… Este é um trabalho cheio de surpresas e mensagens fortes.

Em toda sua carreira solo, Fernanda Brum (que também faz parte do grupo Voices e tem o projeto Amigas com a cantora Eyshila, além de inúmeras coletâneas…) lançou 10 álbum inéditos em português, dois projetos em espanhol, cinco DVDs e conquistou 18 Discos de Ouro, 9 de Platina, 4 de Platina Duplo e 2 de Platina Triplo. Ganhou, também, 5 DVDs de Ouro (Apenas Um Toque, Profetizando às Nações, Cura-me, Glória In Rio e Liberta-me) e 1 de Platina (Apenas Um Toque), todos certificados pela ABPD.

PESO 0.38 Kg
EDITORA Coisa De Crente
I.S.B.N. 9788566769005
ALTURA 23.00 cm
LARGURA 16.00 cm
PROFUNDIDADE 2.00 cm
NÚMERO DE PÁGINAS 269
IDIOMA Português
ACABAMENTO Brochura
CÓD. BARRAS 9788566769005
NÚMERO DA EDIÇÃO 1
ANO DA EDIÇÃO 2013
AUTOR Fernanda Brum

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *