Livro Biografia de Allan Kardec – leia ainda hoje

você já leu o livro Biografia de Allan Kardec

Todos conhecem Allan Kardec como o fundador da doutrina espírita. Mas quem foi o homem Kardec? Quais foram suas angústias, seus sonhos? Esta biografia traça um retrato precioso da vida do grande mestre do espiritismo que, por batismo, chamava-se Hippolyte Léon Denizard Rivail.

Livro Biografia de Allan Kardec - leia ainda hoje
Livro Biografia de Allan Kardec – leia ainda hoje

Por meio do depoimento de pessoas que foram próximas de Kardec, documentos e escritos do mestre, o leitor descobrirá que, antes de estudar o mundo dos espíritos, ele era um tanto quanto cético. E que, ao entrar em contato com os espíritos fraternos, seus pensamentos íntimos seriam transformados e ele assumiria uma missão: a de trabalhar com afinco pela evolução espiritual da humanidade.

Allan Kardec, fundador do espiritismo, foi um profundo estudioso dos fenômenos psíquicos, sobretudo da mediunidade. Desde cedo, começou a pesquisar ciência e filosofia, levando sua experiência e conhecimento para o campo da espiritualidade. Autor das obras fundamentais da doutrina espírita, também foi educador e discípulo do pedagogo suíço Johann Heinrich Pestalozzi.

Fluente em alemão, inglês, holandês, espanhol e italiano, Kardec espalhou sua mensagem para milhões de leitores ao redor do mundo, principalmente no Brasil.

Biografia de Henri Sausse:

Praticamente todos os informes que hoje possuímos da vida pessoal e da missionária de Allan Kardec devemos ao representante comercial francês, nascido em Lyon, no ano de  1851.

Henri descobriu-se médium aos dezesseis anos, quando ouvia ruídos inexplicáveis na casa de seus pais. Em 1869, quando Allan Kardec desencarnou, ele passou a se dedicar com afinco aos estudos das obras do codificador. Nesta época filiou-se ao “Groupe Finet”, que realizava reuniões mediúnicas com a presença de mais de trinta e cinco pessoas.

O prefeito de Lyon recebeu, em 1873, determinações da “Ordem Moral” – recurso mencionado no capítulo 21, da segunda parte, desta unidade – para proibir reuniões espíritas, sob a acusação de anarquia. O “Groupe Finet” foi fechado.

Contudo, alguns médiuns continuaram as sessões na residência de Sausse. As mensagens recebidas eram destruídas após cada encontro, para evitar que fossem deixados vestígios que pudessem servir de prova contra os componentes. Passado o período da repressão o grupo voltou a reunir-se até o desencarne do Senhor Finet.

Em 06 de maio de 1883, Pierre-Gaetan Leymarie, então diretor da “Revue Spirite” (Revista Espírita), reuniu-se com os espíritas de Lyon. No encontro o poeta francês Adolphe Laurent de Faget, propôs a criação de uma Federação para reunir os espíritas lioneses.

Apesar de a idéia ter sido aceita por todos, o resultado final não foi a criação de uma Federação, mas sim, da “Société Fraternelle dÉtude Scientifique et Morale du Spiritisme” (Sociedade Fraternal de Estudos Científicos e Morais do Espiritismo).

Em 30 de setembro de 1883, Adolphe tornava-se o seu presidente e Sausse o vice-presidente.

PESO 0.25 Kg
EDITORA Companhia Editora Nacional
I.S.B.N. 9788504019667
ALTURA 21.00 cm
LARGURA 14.00 cm
PROFUNDIDADE 1.00 cm
NÚMERO DE PÁGINAS 216
IDIOMA Português
ACABAMENTO Brochura
CÓD. BARRAS 9788504019667
NÚMERO DA EDIÇÃO 1
ANO DA EDIÇÃO 2015
AUTOR Sausse, Henri

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *