Livro Bem-Vindo ao Inferno – leia ainda hoje

você já leu o livro Bem-Vindo ao Inferno

Vana Lopes foi uma das vítimas do médico estuprador Roger Abdelmassih. Sua busca por justiça começou em 1993, e passou por diversos percalços e incidentes estranhos, como um boletim de ocorrência desaparecido da delegacia.

Livro Bem-Vindo ao Inferno - leia ainda hoje
Livro Bem-Vindo ao Inferno – leia ainda hoje

A luta para localizar Abdelmassih, após ele ganhar um habeas corpus do STF e fugir do país, é um dos maiores exemplos de determinação e coragem que o Brasil já viu.

Enquanto a polícia não conseguia pistas, Vana soube utilizar com maestria e criatividade as redes sociais e a mídia, para se transformar em uma catalisadora de informantes e juntar documentos – entre movimentações financeiras e viagens – que conduziram a polícia à capturado criminoso.

Saiba mais sobre o Roger Abdelmassih


Roger Abdelmassih
(São João da Boa Vista-SP, 3 de outubro de 1943) é um ex-médico brasileiro, especialista em reprodução humana, sendo um dos pioneiros da fertilização in vitro no Brasil. Desde o início de 2009 tem sido acusado de abusar sexualmente de suas pacientes enquanto estavam sob efeitos de sedativos. Abdelmassih foi condenado a 278 anos de prisão por 52 estupros e quatro tentativas de abuso a 39 mulheres.

Filho de libaneses, foi um profissional nacionalmente conhecido por ter tratado diversas personalidades brasileiras, como as esposas de Pelé, do ex-presidenteFernando Collor, do humorista Tom Cavalcanti, do senador Renan Calheiros etc. Um dos casos mais divulgados foram as filhas gêmeas do apresentador de televisão Gugu Liberato.

Após mais de três anos procurado pela polícia brasileira, Roger Abdelmassih foi preso pela Polícia Federal na tarde de terça-feira, 19 de agosto de 2014, às 13h25 (horário do Paraguai). A prisão ocorreu nas proximidades da escola onde deixaria seus filhos e a esposa Larissa. Roger estava vivendo em Assunção, capital do Paraguai, com a mulher e dois filhos gêmeos, de três anos, um menino e uma menina, onde usava o nome Ricardo e vivia uma vida de luxos. No dia 20/08/2014 ele chegou ao Brasil, e foi direto para a Penitenciaria II de Tremembé.

A defesa de Roger composta pelo ex-ministro Marcio Thomaz Bastos não quiseram comentar a prisão dele em 18 de agosto. Em nota assinada por Márcio Thomaz Bastos e José Luis Oliveira Lima, a defesa afirma que ainda aguarda o resultado de recurso ao Tribunal de Justiça de São Paulo contra a condenação em primeira instância. Mesmo com a fuga, os advogados também podem recorrer aos tribunais superiores em Brasília. Esses recursos não têm prazo para se esgotar, mas tramitam mais rapidamente quando o réu está preso. A Promotoria paulista também recorreu dessa decisão para aumentar a pena, que soma 278 anos de prisão. Apesar de a condenação beirar três séculos, a legislação brasileira impede prisões por mais de 30 anos.

PESO 0.64 Kg
EDITORA Matrix
I.S.B.N. 9788582301791
ALTURA 23.00 cm
LARGURA 16.00 cm
PROFUNDIDADE 1.00 cm
IDIOMA Português
ACABAMENTO Brochura
CÓD. BARRAS 9788582301791
NÚMERO DA EDIÇÃO 1
ANO DA EDIÇÃO 2015
AUTOR Tognolli, Claudio; Magalhães , Malu

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *