sao

Livro São Francisco de Assis – leia ainda hoje

Você já leu o livro São Francisco de Assis

“Os primeiros biógrafos de Francisco, naturalmente animados com a grande revolução religiosa operada por ele, olharam igualmente com naturalidade os seus primeiros anos com augúrios e sinais de um terremoto espiritual. Mas, escrevendo mais distanciado no tempo, não diminuiremos aquele efeito dramático, senão o aumentaremos se considerarmos que na época não se notava no jovem nada de particularmente místico.

Ele nada tinha daquele senso primitivo da sua vocação, que tem sido o apanágio de alguns santos. A sua ambição de fama como poeta francês teria muitas vezes cedido a primazia ao seu desejo de adquirir fama como soldado. Ele nascera bom; foi capaz da bravura normal infantil; contudo, demarcara a linha da bondade e bravura muito próxima de onde a maioria dos meninos a teria demarcado; por exemplo, ele sentia o horror humano da lepra, da qual poucos indivíduos normais sentiram necessidade de envergonhar-se. Tinha amor ao aparato vistoso e brilhante, inerente ao sabor heráldico dos tempos medievais, e parece ter sido inteiramente uma figura festiva.

Se não pintou de vermelho a cidade, teria provavelmente desejado pintá-la de todas as cores do arco-íris, como num quadro medieval. Existem, porém, na história do jovem trajado vistosamente que corria ao encalço do mendigo maltrapilho, certas notas de sua individualidade natural que se devem levar em conta desde o começo até o fim”.
G. k. Chesterton

saiba mais sobre o autor

Gilbert Keith Chesterton, conhecido como G. K. Chesterton, (Londres, 29 de maio de 1874 — Beaconsfield, 14 de junho de 1936) foi um escritor,poeta, narrador, ensaísta, jornalista, historiador, biógrafo, teólogo, filósofo, desenhista e conferencista britânico. Igualmente trilhou pelo campo daeconomia.

É conhecido como o “príncipe do paradoxo” pelo conteúdo argumentativo brilhante de sua obra. Jorge Luis Borges afirmava: “Toda a boa literatura é uma forma de alegria, e nenhum autor me deu tantas alegrias quanto Chesterton”.

É reconhecido por, juntamente com os outros católicos (Hilaire Belloc, Cecil Chesterton, Arthur Penty), haver previsto o sistema sócio-económico dodistributismo.

MARCA Ecclesiae
I.S.B.N. 9788563160782
ALTURA 23.00 cm
LARGURA 16.00 cm
PROFUNDIDADE 1.00 cm
NÚMERO DE PÁGINAS 136
IDIOMA Português
ACABAMENTO Brochura
PESO 0.230 Kg
CÓD. BARRAS 9788563160782

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *