tiradentes

Livro Tiradentes – leia ainda hoje

Você já leu o livro Tiradentes

Tiradentes é um discurso sobre a trajetória de Tiradentes, figura central da Inconfidência Mineira. O discurso de Darcy Ribeiro que integra a obra foi proferido em 1992, no evento Sagração da Liberdade, realizado no Rio de Janeiro, e que marcou os 200 anos da morte de Tiradentes. O livro também apresenta a cronologia completa da vida desse personagem corajoso que lutou pela liberdade durante o período de dominação colonial, no século XVIII.

Livro Tiradentes - leia ainda hoje
Livro Tiradentes – leia ainda hoje

O protagonismo de certos atores históricos em momentos definitivos do desenvolvimento das sociedades tem sido valorizado nos últimos anos. Afinal de contas, a História é composta pelos embates de ideias e de projetos, ambos gestados nas mentes humanas. Assim, apesar de os períodos de transição estar imersos num contexto mais geral, é visível o papel central que algumas pessoas acabam tomando para si, mudando o rumo dos ventos de tal forma que se destacam no meio das multidões.

Foi assim com Tiradentes, cuja trajetória Darcy Ribeiro reconstitui de forma inspirada neste breve relato biográfico. O papel do alferes num dos episódios mais marcantes do nosso passado aparece aqui recontado com todos os seus lados: as esferas das aspirações, das frustrações e das realizações num tempo em que a liberdade era um bem distante a ser conquistado.

saiba mais sobre a autora

Já sabendo que sua doença era terminal, Darcy Ribeiro confessou no livro de memórias: “Termino esta minha vida já exausto de viver, mas querendo mais vida, mais amor, mais saber, mais travessuras”. Tudo muito coerente com quem sempre se declarou um “fazedor”.

Filho de farmacêutico e professora, Darcy Ribeiro mudou-se para o Rio de Janeiro com o objetivo de estudar medicina. Até ingressou na faculdade, mas abandonou o curso depois de três anos.

Transferiu-se para São Paulo, indo estudar ciências sociais na Escola de Sociologia e Política e ali graduando-se em 1946. Depois, em 1949, entrou para o Serviço de Proteção aos Índios (antecessor da Funai), onde trabalharia até 1951. Passou várias temporadas com os indígenas do Mato Grosso (então um só estado) e da Amazônia, publicando as anotações feitas durante essas viagens. Colaborou ainda para a fundação do Museu do Índio (que dirigiu) e a criação do parque indígena do Xingu.

Na época, Darcy Ribeiro escreveu diversas obras de etnografia e defesa da causa indigenista, contribuindo com estudos para a Unesco e a Organização Internacional do Trabalho. Em 1955, organizou o primeiro curso de pós-graduação em antropologia, na Universidade do Brasil (Rio de Janeiro), onde lecionou etnologia até 1956.

MARCA GLOBAL
I.S.B.N. 9788526022553
ALTURA 23.00 cm
LARGURA 16.00 cm
PROFUNDIDADE 0.05 cm
NÚMERO DE PÁGINAS 46
IDIOMA Português
ACABAMENTO Brochura
PESO 0.110 Kg
CÓD. BARRAS 9788526022553
PAÍS DE ORIGEM Brasil

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *